Explore
Sign Up
Login

Natália Parreiras

PO# 9000
Brazil
Brazil
Uma utopista. www.nataliaparreiras.com/spn
June 29, 2020
 

FEITIO DE SOMA

O feitio do meu amor
Se fez nu pra te vestir
Abraçar de cor o teu corpo
No escuro
Alumiar de aconchego
A tua alma
Mesmo em vulto

O feitio do meu amor
Tem o teu rosto
O desenho dos teus lábios
Teus verbos mudos e rasgados
Teus afetos tão extremos
Quanto ingênuos
E inflamáveis.

O feitio do meu amor tem flor
Rosa, girassol
E espinhos afiados
Mas flores não nascem para sangrar,
Sangram apenas as mãos descuidadas
Em contato com o selvagem da natureza
E não o contrário:

Então deixa
O Azul te cobrir
Até o meu sangue ferver em ti
E te aninhar
Aquiescendo todos e cada um dos teus medos
Em meu instinto

Então me ampara
Olha no meu olho com um sorriso
E me atravessa com...

TEA TIME!
0
0
July 7, 2020
 

TOLERÂNCIA ZERO

Tenho quase 36 anos e há bem pouco tempo consegui conquistar internamente um lugar que para todos e cada um de nós - é de direito: o de não me sentir no “dever” surreal de não reagir de maneira abrupta ou de não ser tolerante a qualquer tipo de desrespeito à minha pessoa, seja como ser humano, cidadã, profissional ou mulher.

Minha educação foi bastante rigorosa e de postura bem empática para com o mundo: Sempre “aprendi” (fui ensinada) a “tirar por menos”, “matar no peito” o constrangimento com um sorriso e me afastar educadamente.

Achava que era elegante não me posicionar de modo reativo quando me sentia desrespeitada e em noventa por cento das ocasiões consegui aparente...

LIVE, LEARN, LOVE
0
0
June 20, 2020
 

É preciso sentir para ter sentido

Tenho meus dias de Ira...
Mas não mais vou na direção
Do que outrora me fervia os nervos
As custas de tentar derreter meu coração
Ou transformá-lo em gelo.

Aprecio a franqueza natural, a coragem de quem olha para dentro além de si mesmo

Respeito os falsários
E os que se submetem a eles
Conscientes
Também já tive os tempos de me enganar
E pensar conseguir viver de enganação

Mas suportei...
Me desfazer
Me desconhecer
E anos depois
Ainda estou a me reinventar...

Mas a sensação de não temer ver
Sentir
Perceber
Duvidar
Acreditar
É o mais perto que já cheguei da paz...

Não consigo mais fazer escolhas
Que não imprimam em mim
A sensação de estar s...

ALL YOU NEED IS LOVE
0
0
May 22, 2020
 

QUEM TEME NÃO AMA

Ninguém pode ouvir
O que nunca foi dito

Ninguém pode dizer
O que não admite nem pra si:

O caminho começa
(Ou termina)
Aí...

Quem teme
Não ama...

Ou não ainda.

Thumb_letter_signature_1592670525
INKTOBER: NEMOPHILIST
0
0
April 4, 2020
 

MANTENHA DISTÂNCIA

Melhor dar meia volta
Sem ler
Sequer uma palavra...

Melhor manter-se atrás
Da porta
E trancá-la
A sete chaves
Como à tua aorta.

Melhor dar meia volta,
Economizar teu tempo
Distante de meus versos
- Devastados -
Mas serenos.

Teu medo da luz
Não a reduz
Nem te faz um deus leigo.

Thumb_letter_signature_1585978541
ISHAAN ADITYA
0
0
August 3, 2019
 

ASSALTO DA MÃO AMADA

O seu rosto ficou borrado
Naquela foto.

Não na imagem...
Aqui dentro.

Algo beirando o irreconhecível

Perdi todos os lugares
De dentro de mim
Depois que conheci você

Mas agora instalou-se a inversão...

Tudo teu agora é tão completamente desconhecido
Que perdeu o sentido
O sentimento,
E eu já nem sinto muito...

O teu rosto ficou borrado
Naquela foto...

Não na imagem,
No conjunto da “obra”

Sobrou adjetivo
E faltou alma.

Se teve alguma
Foi a minha:

E isso eu não te dei
Pra me roubar:

Uma coisa é falta de amor
A outra é covardia.

Thumb_letter_signature_1592673341
CHIRAYU
0
0
December 17, 2019
 

DUBLÊ DE SI MESMO

Eu queria acreditar
Mas tudo já se repetiu tanto
Inclusive o silêncio
Das mesmas palavras
Pra todos e ninguém.

Não dá mais
Pra sufocar o que sinto
O que sei antes mesmo de saber
Os mesmos odiosos golpes tão cinicos
E a tua narrativa de dublê.

Sou capaz de narrar a sequência
Antever os ardis
Sentir faltar o ar
Antes que díspares o fuzil
À queimar a boca do meu estômago.

Não pelas tantas ruas que andei
De salto, descalça e sozinha
Ou pelas palavras subtraídas do meu relicário
Em teus espetáculos de cama e cozinha
Mas porque já não sei se te importas
Com alguém para além da função que tem
Em tua vida de faz de conta de bilheteria.

Entendo que até mesmo você
P...

SIMPLICITY DAY
0
1
February 14, 2019
 

ANTI-CORPUS

Que o amor e a eternidade
Me desculpem...

Sou poeta
Em desuso:

Não me basta o ardor
E a febre

Sem os  escrúpulos.

Thumb_letter_signature_1592670288
BHAVYA SINHA
0
0
May 28, 2019
 

MULHER É (A)MAR

Nunca é por falta:
Sempre sobra aviso...

Avisto na profundidade da água
De onde virá minha nova fonte
Nessa mesma alma
Um novo sorriso

Sou mar
Me perco

Sou rio
Me movo

Sou:
E isso me basta
Pro recomeço.

Thumb_letter_signature_1582876392
SIMPLICITY DAY
0
0
October 25, 2019
 

O FIM DA TRILHA DE MIGALHAS

Não acho que não caminhamos nada
Mas os passos lentos
Demandam uma audição aguçada,
Uma percepção diferenciada
Do fenômeno do tempo
E eu tento!  

Mas o que coloca tudo em xeque
É a sua síndrome de Deus:

Sim, quando se trata de ser amado
Você quer ser o dono do perdão infinito
Mas só para recebê-lo.

Me dói ver como tenta manipular
A qualquer um que nutre por ti
Algum tipo de sentimento...

Eu gostaria muito de não ver o que vejo
De não perceber que tu andas sempre
por sobre teus próprios passos
Que não há em ti
Vontade alguma de ser feliz
Mas apenas de brincar de gato e rato.

Olha só, rapaz,
Não ficarmos juntos nessa vida  
Não quer dizer que não...

DARK NIGHT
0
0
June 17, 2020
 

O AMOR NÃO É DANÇA DAS CADEIRAS

Tão bom
Olhar para os o poemas do passado
E ler na letra
A verdade de quem fui
Mas não me bastou ser

Sendo hoje livre
Sou imensa
Na coragem

E Pequena,

- Sem querer -

Thumb_letter_signature_1592398606
STARS
1
0
June 11, 2020
 

O SOL DA LIBERDADE

Nessa selva de trevas sem fim
Vejo a névoa das relvas e mim.

Não são duras, não são fortes
São armaduras pra vida e pra morte
São caminhos pro não e pro sim.

Dúvida pairando no ar
Areia beirando o mar
Semissedimentada
Quase nula, petrificada
Não tenho o direito de amar.

Não vejo luz nem aconchego
Só me resta o frio como apego
Me perco, mas luto
Não me acho em absoluto
Ando, ando e nunca chego.

Cela que sela minha dispersão
Flecha que fecha meu coração:
Nego, mas me entrego
Vejo, mas finjo que sou cego
Te amo, mas juro que não.

Chega desta mata fechada
Chega de estar perdida
Cansei desta vida gelada
De sonhos que viram nada
E não passam de expectativa.

...

THE SUN
0
0
June 11, 2020
 

POR_VIR

Me assombra
Quando a poesia me toma
Como a tua voz me toma
E eu bebo de ti...

Sede indissociável
A palavra e a tua boca
Teu cílios longos
E o Sol
“O olho de Deus”
Essa alegoria Santa
Do amor que é em si
E pronto:

Tem pranto
Tem prato cheio
De espinhos
Regurgitados
Até a flor reflorescer
No canto
No teu canto

E eu te lambo
Chupo os dedos lambuzados
Do teu tato
Abstrato
E absorto
Pela passagem de tantos anos
Mas o meu amor fica
E o desejo que sei
Ainda desejarei o tanto
Que será melhor
Porque as profundidades
Só podem afinar ainda mais
O que já temos
E o que ainda nem experimentamos

Agora imagina
O amor
E a pele
E a alma que serve
Como alucinógeno
Mas só...

THE CASETTE STAMP
0
0
June 10, 2020
 

CORRESPONDÊNCIA ABERTA V

Estrada difícil...

Eu sei.
Tem horas que parece intransponível...

Mas vamos fazendo o possível
Sem linhas de chegada pré-determinadas,
Mas com o foco nos pés no chão,
Sentindo a terra
E calculando o próximo passo.

Se hoje só der pra olhar pro céu
Tudo bem!

Se só der pra respirar
Também.

Respeita.

Confia no processo
E acredita no nosso cORAÇÃO.

Amém.

(Cada dificuldade da estrada é uma oportunidade para revelar o tipo de terreno que estamos pisando... Até que fiquemos leves a ponto de flutuar no caos para depois criar asas.)

(05/09/19)

Thumb_letter_signature_1591833954
ANGEL OF UNDERSTANDING
0
0
June 10, 2020
 

REZA FORTE

Primeiro
Eu beijo
Os teus olhos
Deslizo
Os meus lábios
No teu pescoço,
Entrego os meus desejos
No teu ouvido.

Vou auscultando
O teu corpo
Abduzindo a tua respiração
No meu umbigo
Como me embriago
Com teu cheiro
E com os teus olhos
De silêncios repetidos.

Te percorro com as mãos
E sinto cada arrepio
Até morder tua boca
E te arrancar um beijo
Nosso.

A tua barba
Roça na minha pele
Como eu danço
Ainda solene
Agarrada na tua cintura:
Eu coreografo
Vestida
O que é loucura incontida
Quando estou nua.

A minha língua te procura
Expulsa todos os demônios
Do teu corpo
E abranda a tua alma
Com a segurança sacana
Do meu amor sem limites.

Eu escorrego nas tuas cores
Para te ...

SIMPLICITY DAY
0
0
June 9, 2020
 

CORRESPONDÊNCIA ABERTA IV

Há muitos anos não sinto de fato

O que é viver um dia de namorados...

E não me entenda mal,

Tem sido tão simples quanto natural.

Não pela mesmíssima convenção em si

Ou pela data mera e socialmente comercial:

Acho que já deixei bem claro

Que eu escolho os “lugares que vou”

Dentro e fora de mim

Não importa o que digam

Ou não.

Mas pela primeira vez

Em muito tempo

Me sinto “amorada”

Inteira e profundamente

Ainda que ao avesso

De tudo o que pode ser verificado

Mesmo em estado de vocabulário

Ou visto.

Então decidi entregar

Hoje

O meu dia pra você.

Assim, repleto das cores

Do poder

Da essência

E da potência que é saber-m...

TEA TIME!
0
0
June 6, 2020
 

ORAÇÃO AOS TEMPLÁRIOS  

O manto sagrado das boas intenções
Cobre agora todo o teu corpo físico, espiritual e psíquico;

A lucidez e a firmeza de cada coração injustiçado invade os teus sentidos
E nada é capaz de corromper a verdadeira função da tua voz;

As crianças cercam teu campo energético com a sinceridade autêntica de seus sorrisos
E com a maleabilidade de sua inteligência sem pretensão  ou equívoco;

A planta dos teus pés pisa o barro
Para que te lembres de que é feito todo homem
- moldável -

Nada que não seja propositivo ou altruísta
Será capaz de atravessar tua garganta  
Ou usá-la para fins outros
Que não os que te fizerem porta-voz
Quando assim for preciso;

Nenhuma vaidade...

FLYING DOVE
0
0
June 3, 2020
 

CORRESPONDÊNCIA ABERTA III

Palavras de AMOR para BENZER

(...)
Então eu quis dizer - mesmo que não faça nenhuma diferença - que tá tudo bem você fazer as escolhas possíveis ou inevitáveis até onde alcança o seu ângulo de visão;

Tudo bem você mudar de ideia, redescobrir seus sentimentos, olhar pra tudo isso como te parece e achar que não tem nada a ver continuar nesse caminho.  

Não sei de onde veio essa sensação, mas a única coisa realmente insuportável é sentir dentro de mim que algo está doendo tanto em você... Não importa o que seja, eu sinto cada golpe desferido, até por meus poemas já sondarem tua alma muito antes de mim... ignorar isso eu não consigo.

Não quero deixar pra você p...

GABRIELLE
0
0
June 3, 2020
 

O SUOR NÃO SANGRA

O teu olhar
Até quando surge
Subtraído de cor
Me conta do tom minério
Dos teus pensamentos,
E eu te amo-garimpo...

Mas o que há de mais precioso
Não se extrai ou se possui:

A criação milenar da natureza
Encrustada nas pedras
Amparada de impossibilidades
Para proteger a delicadeza
De sua real magnitude...

Metal tem peso
O Amor extrai o ouro do coração
E eu vou te amando devagarinho
Com todas as minhas imperfeições
De exploradora que anseia pelo reflexo
Da (re)descoberta...
Para provar a si mesma que nada foi em vão.

Mas jamais seria...
Os braços que afundam a pá na terra
A cada movimento das pernas
Já não são mais os mesmos
Pois se insistem no terreno
É p...

I LOVE GAZA
0
0
June 2, 2020
 

CORRESPONDÊNCIA ABERTA II

(...)
Aqui, do mesmo barco:

Mais dois braços e pernas
E pulmões

Coração
- se juntar com o teu -
Dá o meu inteiro...

Sobre os travesseiros
(Durmo com dois sob a cabeça e abraçando outro...)

Não ocupo toda a cama,
O teu espaço
- há muito -
eu reservo;

Faço minhas preces e agradeço
Por cada poema de norteio
Dos que me teces
Ou dos que me sopram os mensageiros
De nossos mistérios.

Dentro desse universo de distância
Na retina do teu olho espero
Recriar nossa galáxia
- por ora no sonho -

Enquanto não te encontro perto
Em ti, eu reverbero.

Thumb_letter_signature_1591142310
INTO THE UNIVERSE
0
0
June 2, 2020
 

(Correspondência aberta)

Minha Vida,

Nuca duvide - nem por um segundo - que você irá permanecer:

Esse reconhecimento e essa legitimação são maravilhosos, mas eu quero que sinta aí dentro do seu coração que não importa o alto ou o baixo, importa o alcance de um e o limite do outro e cada lição escondidinha e implícita; importa a quintessência de quem você é, do que cada um desses anos foi capaz de transformar e embalar a vida das pessoas.

Aproveita TUDO sem medição comparativa, sem a sombra de nenhuma das vaidades que carregamos, com o aconchego de cada dia de trabalho árduo e esforços para cumprir as datas, para fazer de cada momento “uma forma das pessoas saírem melhores e mais positi...

SIMPLICITY DAY
0
0
May 31, 2020
 

POEMA DO LAGO

Novembro não vai chegar:

Ele nunca chega
As estações é que se encadeiam
Em sua existência majestosa

Passeiam por ele
E por todos os outros meses
- tentativas de medição do tempo -
Criadas pelo Homo sapiens sapiens.

Para tudo o que vive
E é vivo
Cada dia é um marco zero
Uma nova e imprevisível ventura

“Ninguém entra no mesmo rio duas vezes”

Sim...
A letargia é uma lição apreendida
Pelo medo
Quando sobreposto ao instinto

Dias sim
E dias também
A água corre seus percursos
Não duvida suas correntes
Nem queima espécies
De mesmo nome
Posto que ser
É dádiva
E não impõe infelizes.

A natureza sabe tudo
Do que nada sabe
E por isso acontece,
Simplesmente.

Tu...

SIMPLICITY DAY
1
0
May 22, 2020
 

HÁ FLOR NO CONCRETO

Tem um som
Se desprendendo da música

Uma voz com alma
Entre todas as outras que têm coração

Tem um sopro de coragem
Na admissão tímida da tempestade

Há muito mais do que desejo,
Há vontade...

Amanheceu
E ouço passos a sondar a paisagem

Tudo é ainda muito sutil
Mas sereno e limpo...

O tempo não acelerou
Nem derreteu o medo
Mas ensinou a saudade a ser ritmo
E acho que você também “só sabe dançar comigo”...

Um passo
E já não estamos no mesmo lugar:

Mas por enquanto
Não é “onde” nem “quando”:
O amor é o único remédio santo
Que quanto mais cura
Mais dura o efeito
E pode ser transmitido pelo ar...

Então respire...
Eu respiro,
Há flor no concreto

Mais um passo...

THE SUN
0
0
April 20, 2020
 

TUDO MUDA

Há dias
Em que tudo
Parece ser
Questão de uma palavra...

Ou da falta dela.

Thumb_letter_signature_1590027156
POOJA TYAGI
0
0
May 9, 2020
 

FASTIO
Hoje
Eu só quero
Deixar tudo...

Acabar.

Thumb_letter_signature_1590027038
STARS
0
0
May 16, 2020
 

RESPOSTA DO TEMPO
(No vento)

Os sinos
De vento
Sopram...

E eu só peço aos deuses
Fôlego
Ar de respiro
Para que com o meu amor
E a minha poesia
Livres pelo mundo
Eu possa alcançar os teus olhos
E ouvidos
Te amparar diante de toda e qualquer dor
E te dizer as palavras que intuo
Sempre que escuto a tua voz
Ou quando aos teus olhos eu leio.

Fecho os meus e me disfarço de pensamento
Para invadir o teu silêncio
Aquietar o teu medo
E libertar um daqueles teus sorrisos
De menino
No tempo de escola
Passando da hora do recreio.

Ah, meu amor
A tua coragem dá cor aos meus livros
Pulsa minha carótida até saltar as veias
E sangrar cada uma das dúvidas
De angústia
Com ardor de pleito ...

SIMPLICITY DAY
0
0
May 14, 2020
 

POEMA ELÍPTICO

Se dormes
Respiras como se fosses tragar o universo
Dos meus lábios
Em paralelo.

Em um nó cego
Estabelecem-se rotas mágicas
Em minha cabeça
O Big Bang detona antigas galáxias
E evapora-se em partículas de outro estado.

É tudo tão irrepreensivel...

Teu cheiro,
Teu acorde a despertar o meu corpo inteiro,
E eu, de cara lavada
Me pego a zelar por teu sono em meu tinteiro...

Em pensar que de tanto me despistar de tua órbita
Calhei de atravessar o lume que só sossega em rota de colisão

Pés no chão, terra,
Estou em casa
E, quando me abraças
Me vem aquela máxima do Cazuza...

Se te dou espaços,
A minha porta é serventia da rua
Só pra te trilhar pra mim
Pedrinhas encantadas a...

SIMPLICITY DAY
1
0
May 13, 2020
 

Palavras para um dia comum
Boa madrugada
Bom descanso
Altas frequências
Amor
Tranquilidade
Serenidade
Lucidez
Luz

Nada vai te desestruturar porque você já conhece esse mecanismo e desvelou boa parte do seu funcionamento.

Você é um homem capaz, com todas as ferramentas emocionais e racionais para administrar de forma adulta e razoável qualquer demanda que te aflija, se assim for de seu desejo.

Nada é tão ruim quanto parece quando estamos sob forte emoção e no centro de tensões que evocam nossas dores passadas.

Vai passar e você conseguirá enxergar tudo de forma límpida e clara.

Cada passo no seu tempo...

Todas as expectativas que todos depositam sobre você - neste exato momento ...

SIMPLICITY DAY
0
0
May 10, 2020
 

FIM DO DIA

Me aflige te ver assim,
Atado  
Oprimido
Teus olhos moídos em frases sem voz
Afônicas
Afoitas
Perecendo diante de um medo
Crônico
Em altos e baixos sem meios
Sempre a prever o mesmo estrago
Em ciclos de desespero

Mas é preciso respeitar o ciclo
De cada criatura viva
Seus percursos
Labirintos
Seus muros de vento e de vidro

É preciso respeitar
Deixar ser
Para além das frases
O espírito
O que des-espera
Seja o ontem ou o não
Mero ornamento fictício.

Mas eu te acolho no ritmo
Da arritmia cardíaca que suporta
O meu peito
Com estes meus versos,
Íntimos...

Eu corto o fio condutor
De cada uma das tuas dores
Com um vendaval marítimo
E te cubro de amor até dessalgar
...

TEA TIME!
1
0
May 3, 2020
 

“TUDO O QUE NASCE É SAGRADO”

Acordei com a música
Do sino dos ventos
Aqui do jardim

Quando despertei
O vento calou.

Entendi que era o momento exato
De ouvir o silêncio da lua
Da galáxia
E de cada planeta
Que agora ecoa por entre a Terra
Em quarentena:

Máquinas pararam
E cidades
E espelhos
Arranha-céus
Romperam o cinza das selvas de pedra
Em incômodos,  
De tão claros
Sinais luminosos...

O planeta acendeu
No escuro
A música mostrou como guarda e projeta
As batidas do coração
E seus mistérios

A luz ergueu-se por sobre o concreto
Tocou os céus
E lembrou-nos que não somos feitos de aço
Mas de barro moldado no toque de dedos
E que no mais puro dos medos
É que nasce a coragem d...

SIMPLICITY DAY
1
0